Assine

Fábio Sousa

Medo, ódio, amor!


(Batizado, eu sou o pequeno solitário no banco pensando que pode voar, kkkkkkkkkkkkk)


Medo, ódio, amor!
(Fábio Sousa)


Eu olhei pra mim
E não vi ninguém querendo dividir
Um sonho tão bonito
Um sonho de menino

E o tempo foi
E ninguém mais viu
As lembranças se perderam
No mar do Adeus sem fim

Não é querendo ser maior.
Mas somos aquilo que não conseguimos ser...

Medo, ódio, amor...
Cadê os desejos?
Medo, ódio, amor
Cadê os nossos sonhos?

Te trago rosas mortas
Mas você nem reparou
Que o perfume era tão bom
Mas são só rosas, um buque.

E mesmo que o mal se funda em mim
A parte que te ama está aqui
No sonho bobo que ninguém sonhou
O sonho de menino

E não é querendo voltar
Mas estamos ocupados demais pra entender.

Medo, ódio, amor...
Cadê os desejos?
Medo, ódio, amor...
Cadê os nossos sonhos?

Eu olhei pra mim
E o tempo foi
E ninguém viu
Os sonhos...