Assine

Fábio Sousa

Ainda somos humanos (Feliz 2011)







Deixei pra postar hj, pois esse é meu post numero 100, então achei lgl deixar ele pra fechar o ano...

2010 foi um ano bom... Acredito que sim, pois todos os momentos de nossas vidas serão compostos de felicidade e tristeza, não ah como evitar e nem generalizar tudo, então como um todo, acredito que foi bom, mais do que ruim.
Em 2010 eu sorri muito, perdi a conta, também chorei, mas creio cegamente que venci essas lágrimas. Passei por dificuldades, por vezes insignificante, pelo que acontece ao redor do mundo, mas foi em minha vida, minhas superações.
Acredito que o mundo também chorou, mas infelizmente ele só conseguirá seguir, quando nos desaparecermos ou se decidirmos seguir também.
Foi o ano das Eleições, com a primeira mulher no posto mais alto.
Foi um ano de guerra, entre Brasileiros vs Brasileiros, momentos de tensão, triste,pela conciência que algumas pessoas tem, mas com isso também aprendi a ver que realmente vale a pena lutar por algo que achamos certo, não importa as consequências, pois o que temos de maior valor são nossos ideais, não deixe que ninguém compre, ou corrompa isso. Lute por aquilo que você acredita. Jamais venda sua alma, humanos não pagam um preço justo (rs).
Em um breve resumo, choramos, sorrimos, fizemos sorrir e chorar, mas será que apenas isso se resumi um ano inteiro? Jamais, pois aquilo de maior importancia não conseguimos descrever, a intensidade, é aquilo que guardamos pra sempre no coração, e em um breve momento a lembrança nos faz chorar, lágrimas de felicidade.

2010 foi um ano bom... Que 2011 seja melhor.
Feliz ano novo a todos.



Ainda somos humanos
(Fábio Sousa)

Se perde é normal
Ainda mais no meio dessa loucura
Se encontrar no sonho de alguém
Que um dia te fez chorar

Irreal talvez seja perceber
Que as loucuras vividas não foram pra valer
Irreal talvez seja olhar
O mar da vida sem querer mergulhar

E quantas vezes eu quis me ver
Naquele mar azul
Beber dessa água salgada
Sentir que ainda estou vivo.

Se encontrar é meio irreal
Sem antes se perder, sem arriscar.
Entrar nos sonhos de alguém
Que um dia te fez chorar

Normal talvez seja perceber
Que não precisamos disso pra viver
Normal talvez seja olhar
Toda essa maldade e não se jogar

E quantas vezes eu me vi assim?
Sentindo essa dor
Querendo sair desse mar tão profundo
Que te faz chorar...

Irreal talvez seja perceber
Que a maldade morre, ao nascer.





Bom em todo ano novo eu coloco essa minha poesia.

Feliz ano Novo
(Fábio Sousa)

O que dizer?
Você foi tão legal comigo.
Mas me trouxe Dores
Mas foi tão bom comigo.

Agora te vejo passar por mim
Assim, algo tão intenso
Ir como se fosse o vento

Mas me lembrarei de ti
Guardo aqui no meu peito de menino
Lembranças de amor
Lembranças...

E agora te vejo aqui passar por mim
Com um Adeus, pois sei q não irei te ver mais
Mas quando fecho os olhos
Sei o quanto inesquecivel vc foi em minha vida.
Eternamente...
Que venha 2010!!!

Cativeiro Guerreado


(XD)


Olha eu aqui de novo...
Hoje é minha postagem numero 99, que emoção. kkk, quase chegando a 100...
Quase...
Revirando umas coisas no meu pc, acabei achando essa composição minha, é um pouco antiga, mas acho que combina um pouco com que está ocorrendo hoje em dia... Então ae está... Forte abraço a todos...



Cativeiro Guerreado
(Fábio Sousa)


Um dia a mais no cativeiro
E quem são os animais?
Se olhe no espelho
Não vejo nada de mais

Um dia a mais no cativeiro
E quem é q sobrevive
Olhe para trás
E veja tudo, que tudo...

Agora tanto faz
Preso não escolhe a refeição
Um dia a mais não faz mal, não!

Um dia a mais dessa guerra
Quem são nossos heróis?
Aquele que evita?
Aquele que critica?

Um dia a mais dessa guerra
Pra onde foram vocês?
Minha roupa está suja
Minha alma também...

Agora tanto faz
Preso não escolhe a refeição
Um dia a mais não faz mal, não!