Assine

Fábio Sousa

A Face que eu desconheço


(:))

A Face que eu desconheço
(Fábio Sousa)

Eu tive que ver o mal
Pra me olhar mais de perto
Eu tive que saber
De coisas que eu nem sei
Que eu não quero pensar

Eu me fiz de uma forma
Que ninguem jamais viu
Eu me fiz de uma forma
Que ninguem jamais Imaginou

E se eu pudesse eu te tava
O melhor de mim
E se eu pudesse eu faria
A melhor Versão de mim

Eu tive que olhar com meus proprios olhos
Pra tentar entender
Das coisas que eu nem sei
Das coisas que nunca pensei!

E eu me fiz de um jeito
Que você nunca viu
E tudo que eu tenho
É um erro e um papel na mão

E seu eu pudesse eu te dava
O melhor de mim
E se eu pudesse eu faria
A melhor versão de mim

Promessa



Promessa
(Fábio Sousa)


Eu te prometi a Lua
Mas nem voar eu sei
Mesmo se eu me jogar
No chão eu vou ficar

Pra ver a realidade
E nunca mais pular
Do chão eu nao passo
E no chão eu vou ficar

Mas eu te prometi a Lua
Mesmo sem saber voar
Eu tentei pular
pular, pular, pular

Mas essa Realidade vem
E me faz ver
Me faz sentir
Mas nao me faz viver

No meu mundo particular
Você é meu universo
Mas eu te prometi a Lua
E a realidade nao vai me impedir

Soldado sem Nome


(Rafael e Eu, Amigos de milanos)


Soldado sem nome
(Fábio Sousa)

Vento que me toca
Me faz sentir algo mais
Se fecho os olhos em meio do caos
Posso sentir o cheiro de casa

E quando o sangue voa
Nessa hora tambem sinto
O cheiro suave da morte
Mas ela ainda nao me levou

Tanta insanidade me deixa são
Tanta morte me deixa vivo
Tanta dor me faz querer
Ir para os braços de minha mãe

E quando o vento me toca
Eu sinto algo mais
Uma breve sensação de liberdade
Uma breve paz em meio de um caos

E quando a vida se vai
A alma se despede
Em forma de um pedido
"diga a ela q amo mais que tudo"

E quando o vento me toca
Posso sentir algo mais
O cheiro de casa
O perfume dela
Mas essa guerra nao acaba...