Assine

Fábio Sousa

Tudo pode


(Até eu que nao sei cantar, cantei...kkkkk.)



estou meio sem tempo pra postar, correria e, sem internet é meio foda, mas ta ai um video que eu fiz esses dias, nao reparem na minha barba AEUHEAUAEHUAE, ando meio largado....


Um abraço a todos... Fiquem na paz...


(Poeminha feito as pressas)

Tudo pode
(Fábio Sousa)



E eu que já me perdi
Na solidão dos meus pensamentos
O quão errado eu fui?
Ou o quão justo pareci?

Não culpo o mundo
Nem mesmo a minha volta
Talvez uma face desconhecida
Que conheço tão bem...

E eu que já vi a escuridão
Sei o quão dificil é...
Exagero?
Talvez...
Ou apenas falta de atenção.

E até eu que viajei entre as trevas
Pude encontrar a luz
Por que não você...

Poema de Amizade


(Amigas de infancia..._)



Bom ta complicado entrar na net UEHAUHEu...
Mas to bem melhor, to levando, mas to com uma tosse da porra...
Bom quero falar de alguns planos, Esse ano pretendo publicar meu primeiro livro, pretendo, quero, acredito, necessito... Uma coisa bem simples, quero fazer uma coisa bem bacana com alguns poemas que tenho, e alguns que ainda vou ter... Quero que seja uma preparação para o que eu quero realmente fazer... Estou trabalhando em uma história já faz um tempinho, e creio que estou quase a terminando... Espero que de tudo certo :D


Poema de amizade
(Fábio Sousa)


A vida pode ser cruel
Mas pessoas como você
Me fazem ver como viver é bom
Mesmo diante de horrores
Viver ao seu lado, é um paraiso
Onde me perco em lembranças
De um mundo tão grande
E eu tão pequeno
Vejo o tempo passar
Mas só passa
Não me afeta
Mas me traz dores
De uma saudade
Que carrego
Desde o dia em que nasci
Partiu quando te vi
Retornou quando te conheci.

Não carrego uma canção só minha
Mas sim as canções dos outros
Pois assim quando a saudade me bate
Pequenos acordes, me fazem lembrar
Que tenho varios ombros, para chorar...